E. M. Professora Haideé Marçal Serbin é a 10ª escola revitalizada pela Prefeitura

Atualizado em: 19/06/2018

Nesta segunda-feira (18/06), a Prefeitura da Estância de Bragança Paulista entregou mais uma escola totalmente revitalizada - a Escola Municipal Haideé Marçal Serbin, no Bairro Uberaba. Esta foi a décima escola revitalizada e vai oferecer aos 400 alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, uma estrutura melhor para o ensino na unidade.

A escola recebeu reparos hidráulicos, elétricos, pintura interna e externa, carteiras e cadeiras novas, instalação de lâmpadas LED e brinquedos novos para o parque. As obras foram realizadas com recursos próprios da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Secretaria Municipal de Serviços. 

Estiveram presentes representantes da Prefeitura, da Câmara Municipal de Bragança, convidados, além da imprensa local e moradores da região.

Carina Franco, moradora do bairro e mãe de uma aluna, estava feliz com as obras que foram realizadas na escola. “Quero parabenizar a Prefeitura pela reforma na escola, que era um dos pedidos - não somente dos alunos - mas também dos funcionários e dos moradores do bairro. A escola é muito boa e ficou melhor com essa revitalização. Eu gostei de tudo o que fizeram aqui, e com as melhorias que estão acontecendo no bairro a nossa região vai ficar bem melhor”.

A Administração Municipal reafirmou compromisso assumido com a comunidade, destacando outras melhorias aos moradores da região, com obras de infraestrutura e da construção de escola de Ensino Fundamental no modelo FNDE, no bairro Henedina Cortez.

Sobre essa escola, o projeto espaço educativo urbano contará com 12 salas de aula, capacidade de atendimento de até 780 alunos, em dois turnos (matutino e vespertino), e 390 alunos em período integral. A proposta básica refere-se a uma edificação simples e racionalizada, atendendo aos critérios básicos para o funcionamento das atividades de ensino e aprendizagem. O conjunto da edificação será formado por oito blocos distintos, com biblioteca, auditório, informática, laboratório, cozinha, pátio aberto, salas de aula, sanitários, vestiário e quadra coberta. Os recursos para as obras, no valor total de R$ 4.139.378,32 são oriundos de transferência e convênios federais, além de R$ 435.644,48,  contrapartida do município. O projeto está em fase de licitação.