Prefeitura busca melhorias para os idosos acolhidos em instituições de longa permananência

Atualizado em: 20/06/2018

Reunião estratégica tem com um dos principais objetivos garantir o direito da pessoa idosa à convivência familiar e comunitária e o acesso às políticas públicas.

Na manhã da última terça-feira (19/06), a Prefeitura da Estância de Bragança Paulista e o Ministério Público realizaram, na sede da Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social (SEMADS), uma reunião com dezenas de pessoas sobre o acolhimento de idosos em instituições de longa permanência, com o intuito principal de garantir o direito da pessoa idosa à convivência familiar e comunitária e acesso às políticas públicas.

A discussão teve o objetivo de tratar de diversos assuntos como o fortalecimento das parcerias para oferta de serviços aos idosos, acolhimento institucional, responsabilidade e comprometimento das famílias no cuidado com os idosos, quebra de paradigmas e melhoria da articulação com a rede de proteção social de toda comarca, com apoio do Ministério Público.

Essa reunião envolveu a Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social, além de representantes da comarca da região bragantina (Bragança Paulista, Pedra Bela, Vargem e Tuiuti), do Conselho Municipal do Idoso, dos Asilos de Bragança Paulista, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e de entidades que fazem acolhimento ao idoso.