Prefeitura realiza a entrega de certificados aos alunos de Panificação, Maquiagem e Manicure

Publicado em: 03/07/2018

Na tarde da última sexta-feira (29/06), a Prefeitura da Estância de Bragança Paulista, por meio do Fundo Social de Solidariedade e Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social (SEMADS), realizou a entrega de certificados aos alunos que participaram dos cursos de Panificação, Maquiagem e Manicure.

A solenidade aconteceu na sede da SEMADS, que fica na Praça Hafiz Abi Chedid. A Administração Municipal está variando os cursos para dar opções e oportunidades a todos que queiram se profissionalizar e ter condições de gerar renda familiar extra. Os alunos que participaram destas capacitações foram encaminhados pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) ou tomaram conhecimento através das divulgações dos órgãos de imprensa.

O curso de panificação foi ministrado pela professora Sandra Regina de Oliveira, com carga horária de 15 horas, nas segundas-feiras, das 13h30 às 16h30. Durante a formação dividida em cinco módulos, os 24 alunos aprenderam como fazer diversos pães e bolos. Já o curso de maquiagem foi ministrado pela professora Angélica da Penha Gomes de Oliveira, com carga horária de 39 horas, nas terças-feiras, das 9h às 12h, com o objetivo de capacitar as 28 alunas para atuarem no segmento de beleza. Ambos os cursos foram realizados na sede da SEMADS.

Em parceria com o Instituto Mix de Profissões, o curso de manicure foi ministrado pela professora Daniela Aparecida de Morais e as aulas aconteceram às segundas-feiras, das 18h às 21h, no Instituto Mix. Com carga horária de 24 horas, as 22 alunas que participaram estão aptas para exercer a profissão.

A aluna Géssica Evelise Pereira Vince agradeceu a oportunidade de participar dos cursos “Sou grata pela oportunidade de participar desses importantes cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura. Estou apta a exercer os trabalhos, pois as aulas foram muito bem aplicadas. Tenho esperança que conquistarei uma ocupação no mercado de trabalho de Bragança”, disse a aluna.