Escolas Municipais do Campo aplicam o projeto do Programa Nacional de Educação - Escola da Terra

Publicado em: 26/07/2018

Na última semana, Escolas Municipais do Campo de Bragança Paulista receberam a visita de Flávia Sanches de Carvalho, professora, educadora, pesquisadora e formadora de tutores da Universidade de São Carlos (UFSCAR), o assunto foi a aplicação da ‘Escola da Terra’ como uma das ações do Programa Nacional de Educação do Campo – Pronacampos.

As escolas visitadas foram: E.M.R. Campo Novo, E.M.R. Morro Grande da Boa Vista (pista) e E.M.R. Araras dos Pereira. Na ocasião, Flávia Sanches de Carvalho conversou com os professores que aplicam o projeto com seus alunos a fim de pesquisar sobre o desenvolvimento do trabalho, pontos positivos e negativos, facilidades e dificuldades encontradas no decorrer da aplicação das atividades. Desta maneira, os professores continuarão recebendo orientações e desenvolverão, da melhor maneira possível, o projeto de acordo com a necessidade específica de cada escola.

O projeto Escola da Terra compreende quatro ações: formação continuada e acompanhada de professores que trabalham com estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental em escolas do campo; oferta de materiais didáticos e pedagógicos; monitoramento e avaliação; gestão, controle e mobilização social.

Em novembro de 2017, professores das Escolas do Campo de Bragança Paulista, com apoio da Prefeitura da Estância de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Educação, participaram da primeira turma do curso Escola da Terra da UFSCAR. Esse curso foi realizado em parceria com o Ministério da Educação (MEC), Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e Municípios.

O curso buscou contribuir na formação continuada dos professores que atuam nas escolas do campo, com salas multisseriadas nos anos iniciais do ensino fundamental. Durante a capacitação foram fundamentadas teorias e metodologias centradas em práticas pedagógicas capazes de desenvolver estratégias e recursos educativos que facilitem a integração do saber tradicional e do saber científico ao trabalho do campo.