Faros d’Ajuda é habilitada e declarada vencedora do novo chamamento para gestão do Abrigo

Atualizado em: 30/01/2019

No novo edital para a gestão do Abrigo de Cães e Gatos estão previstos o funcionamento 24 horas e integração do serviço de resgate SAMU-Vet.

Na manhã desta sexta-feira (25/01), a Administração Municipal deu andamento no chamamento público visando um programa de gestão compartilhada do Abrigo Municipal de Cães e Gatos, de resgate desses animais domésticos em situação de risco e de educação ambiental. A sessão foi reaberta pelos membros da Comissão de Seleção com a participação das representantes das organizações Associação de Proteção aos Animais Faros d’Ajuda, Márcia Davanso, e Associação Mundo Animal – AMA, Elda Noemi.

Foram iniciados os trabalhos da sessão com a apresentação do resultado da análise dos Planos de Trabalho recebidos nos primeiros envelopes, entregues na última sexta-feira. A avaliação foi realizada mediante as regras dispostas nos critérios estabelecidos no edital, atribuindo as entidades: 15 pontos para a Faros d’Ajuda (classificada em primeiro) e 2 pontos para a AMA (classificada em segundo), sendo que a pontuação máxima é de 16 pontos.

Em continuação, abriram o envelope com os documentos de habilitação, também entregues na sessão anterior, que foram analisados, conferidos e rubricados por todos. A Comissão verificou que a AMA não atendia um item do edital que determinava estar a matriz com no mínimo 1 ano de existência no cadastro ativo da Receita Federal – um requisito também previsto na Lei Federal nº13.019/2014 para a celebração de parcerias por meio do Termo de Colaboração. Assim, foi considerada habilitada e vencedora do chamamento a Associação Faros d’Ajuda. O próximo passo será a homologação e publicação do resultado na Imprensa Oficial do Município.

É com alegria que a Administração Municipal do Prefeito Jesus Chedid e Vice Amauri Sodré está trabalhando em prol de melhorias para o bem-estar animal da cidade, principalmente viabilizando a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Veterinário – o SAMU-Vet.

Como divulgado, o novo modelo de gestão prevê o funcionamento do Abrigo 24h para o monitoramento e acompanhamento dos animais abrigados no local e para o atendimento emergencial dos resgatados pelo SAMU-Vet, ou seja, animais de rua - sem dono – doentes, feridos, machucados ou em situação de risco.