7ª Conferência Municipal de Saúde conta com dezenas de pessoas na discussão de políticas públicas de saúde

Publicado em: 22/03/2019

A Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Saúde, e o Conselho Municipal de Saúde, realiza ao longo desta sexta-feira (22/03), no Núcleo de Apoio ao Professor e ao Aluno (NAPA), a sétima edição da Conferência Municipal de Saúde com a participação de muitas pessoas nas discussões sobre saúde pública. Este é o principal espaço democrático para construção de políticas públicas de saúde do município.

Nesta edição o tema central é “DEMOCRACIA E SAÚDE”, com três eixos: Saúde como direito; Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS); e Financiamento adequado e suficiente para o SUS.

Os objetivos da Conferência são: Debater o tema da Conferência com enfoque na saúde como direito e na consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS); Pautar o debate e a necessidade da garantia de financiamento adequado e suficiente para o SUS na esfera Estadual e Federal; Reafirmar, impulsionar e efetivar os princípios e diretrizes do SUS, para garantir como direito humano, a sua universalidade, integralidade e equidade do SUS; Mobilizar e estabelecer diálogos com a sociedade brasileira acerca da saúde como direito e em defesa do SUS; e Fortalecer a participação e o controle social no SUS.

A Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Patricia Izzo, agradeceu o apoio e a presença de todos para a realização da Conferência, dizendo que é um momento importante para as metas da saúde no Município, nos âmbitos do Município e do Estado. “A Saúde varia de acordo com o órgão, com o indivíduo, com o local, com a época e com a classe social, e de acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS) a saúde não relaciona apenas o bem-estar físico, mas também o bem-estar mental e social. Hoje vamos sair daqui preparados para um novo momento que é a Conferencia Estadual e espero que possamos ter sabedoria, humanismo e equilíbrio.”

Para a Secretária Municipal de Saúde Marina de Oliveira, a Conferencia oferece oportunidade para que a população possa apresentar propostas de melhorias, fazerem suas críticas na construção das políticas públicas de saúde no Município, “Chegamos a 11 pré-conferencias na cidade, onde pudemos ouvir todos segmentos, pessoas em diferentes locais da cidade e hoje as 63 propostas estão sendo analisadas nesta Conferência para que possam ser encaminhadas até a etapa regional, estadual e federal. Foram eleitos 44 delegados titulares e 44 delegados suplentes, além de delegados natos que são os conselheiros e tem direitos a votos”, informou.

O vice-prefeito Amauri Sodré, presente na solenidade, falou sobre o investimento da atual Administração na área de Saúde, “qualquer assunto referente à Saúde é de suma importância para a nossa comunidade e a Administração Jesus e Amauri  tem como prioridade a melhoria da Saúde no Município, por esse motivo desde o início estamos investindo nesta área, com melhorias e reformas  nas UBS, Postos de Atendimentos, valorização dos servidores municipais, medicamentos, atendimentos radiológicos, médicos e odontológicos, frotas novas de veículos, entre outros para oferecer sempre um atendimento especial e necessário aos nossos munícipes. E com o trabalho do deputado Edmir Chedid, que solicitou ao Governo Estadual um Hospital Regional, a implantação do AME Cirúrgico e do Centro de Reabilitação Lucy Montoro sendo um incentivo à saúde do nosso Município”.

Estiveram presentes a Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Patrícia Fernanda Pizo, a Secretária Municipal de Saúde Marina de Oliveira, Marcus Leme, os vereadores Beth Chedid, Paulo Mário, Rita Leme e Ditinho Bueno, o provedor da Santa Casa João Marques e os secretários Luciano de Lima e Gislene Bueno, Patrícia Jorge assessora do deputado Edmir Chedid, servidores municipais da área de saúde, representantes de ONGS, conselheiros, líderes de associações, entre outros.