Administração dá ordem de serviço para retomada das obras do Parque Ecológico no Tanque do Moinho

Publicado em: 12/04/2019

Área degradada será recuperada e contará com espaços público voltados à educação ambiental e social com um espaço destinado ao ECOA.

Após um trabalho da Administração Municipal dedicado à recuperação dos recursos e do convênio firmado para garantir a recuperação da área degradada situada no Tanque do Moinho com a implantação de um Parque Ecológico, um passo importante é dado para concretizar esse objetivo do Governo Municipal em benefício à população desse área com grande vulnerabilidade social.

No final da tarde desta sexta-feira (12/04), o Prefeito Jesus Chedid assinou a nova ordem de serviço para que a empresa CAT Engenharia, vencedora da licitação no valor de R$2.147.171,06, retome as obras no local. Após uma rescisão amigável com a empresa IFS Construções, a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria de Obras, realizou um ajuste na planilha do projeto e lançou nova licitação para garantir a conclusão das obras.

Os recursos para o Parque são oriundos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos – FID, vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. O Fundo é mantido por ações civis públicas e seus recursos financiam projetos que tenham como objetivo a preservação e reparação de danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, ao patrimônio histórico, turístico e paisagístico, visando o atendimento da coletividade e não de um grupo específico. Eles foram recuperados nesta gestão com o trabalho do Deputado Estadual Edmir Chedid nas tratativas junto ao Estado.

As obras no Tanque do Moinho visam a recuperação de área degradada situada às margens do Lago do Tanque do Moinho, na Alameda XV de Dezembro, esquina com a Rodovia João Hermenegildo de Oliveira, com a implantação de um parque ecológico. O projeto, além da implantação do Parque Ecológico prevê a construção de um Espaço Comunitário de Educação Socioambiental, de um Viveiro Escola, de um Espaço de Convivência, além das portarias, salas da administração, banheiros públicos, obras de infraestrutura do parque e aquisição de equipamentos e materiais permanentes.

O local também abrigará a sede do ECOA - Espaço de Convivência e Aprendizado, uma instituição sem fins lucrativos focada no acolhimento afetivo e de aprendizado de crianças e adolescentes da comunidade carente, que possui termo de colaboração com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social,para a oferta de serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, atendendo diariamente em média 120 crianças e adolescentes.

A Administração Municipal verificou que a área do lago do Tanque do Moinho encontra-se com impactos ambientais e sociais sérios que faz parte da região periférica da cidade com uma dinâmica de ocupação crescente, onde a comunidade possui poucas opções de locais de lazer ou de socialização. Por isso, trabalhou muito para dar andamento no projeto e retomar as obras o quanto antes.

Pretende-se com este projeto de recuperação da vegetação e implantação do Parque Ecológico criar condições favoráveis ao lazer saudável e a aprendizagem integrada, melhorando a qualidade de vida da comunidade diretamente envolvida.

A Presidente do ECOA, Eledi Gonçalves, comentou da atenção que esta Administração deu à demanda e o andamento que deu ao processo, se concretizando, hoje, na retomada das obras no local. “O ECOA deve contribuir com a fiscalização das obras, a pedido do Prefeito. Será um ganho enorme para a cidade e vai trazer algo muito bom para aquela comunidade”.

O Prefeito comentou que a entrega das obras está prevista para fevereiro de 2020, mas reiterou um pedido ao dono da empresa CAT Engenharia, César Roberto dos Santos Luchesi, para que entregue um presente de natal à comunidade do Tanque do Moinho e região com a entrega das obras em dezembro. “Essa é uma das melhores obras que vamos fazer para a comunidade”, concluiu.

Estiveram presentes na solenidade o Prefeito Jesus Chedid, o Vice Amauri Sodré, secretários municipais, os vereadores Ditinho Bueno e Paulo Mário, Eledi Gonçalves – Presidente  da ECOA, Elias Gomes – Vice-presidente do ECOA e demais membros da entidade, da CAT Engenharia César Roberto dos Santos Luchesi, demais convidados e imprensa local.