Reunião em Jundiaí tratou da aplicação de recursos junto a Caixa Econômica Federal

Publicado em: 03/07/2019

O objetivo dessa reunião foi tratar da execução do projeto de combate às enchentes e outros investimentos.

Buscando o alinhamento da execução do projeto de 30 milhões de reais no combate às enchentes do município, bem como dos 20 milhões em projetos de reformas, construção de centros especializados, infraestrutura viária, aquisição de maquinários e equipamentos, foi realizada uma reunião em Jundiaí, na última segunda-feira (01/07), entre a Administração Municipal e representantes da Caixa Econômica Federal.

Na ocasião, estiveram presentes representando a Prefeitura de Bragança Paulista, os Secretários Municipais Luciano Aparecido de Lima (Finanças), Margarete Alvarenga (Ação e Desenvolvimento Social), Rodrigo Demattê Angeli (Desenvolvimento Econômico), André Monteiro (Obras) e o Chefe da Divisão de Obras Públicas Luiz Roberto Lisa Sanchez. Representando a Caixa Econômica Federal, participaram desse encontro o supervisor de filial de governo Renato Leite Saltini, o assistente de projetos sociais Sidinei Rolim, o engenheiro Cristiano Ienne, o arquiteto Ubirajara M.S. Matheus e o supervisor filial Wagner Matsubara.

Durante essa reunião, foram esclarecidos diversos pontos relacionados aos projetos que já estão protocolados no Ministério das Cidades – atual Ministério do Desenvolvimento Regional – e também na própria CEF. Com isso, foram apresentados além do projeto, situações relacionadas ao cronograma, ciclo de obrigações, datas limites e o formato que deve ser feita a execução, desde o início até a prestação de contas junto a Caixa para liberação dos recursos a cada etapa. Além disso, foi apresentado o manual do programa Saneamento para Todos com orientação aos representantes da Administração Municipal em como proceder com em determinadas situações.

Tratamos do projeto de financiamento de 20 milhões de reais que vai incluir alguns projetos como a reforma do Paço Municipal, construção do Centro de Atendimento à Mulher, do Centro de Atendimento à Criança, Centro de Zoonoses, reforma do Museu Oswaldo Russomano, do Museu do Telefone, a infraestrutura viária, tráfego e mobilidade urbana, aquisição de equipamentos e máquinas, complemento ao FINISA 1 que está em fase de execução e prestação de contas”, disse o Secretário Municipal de Finanças, Luciano Aparecido de Lima.

O Secretário de Obras, André Monteiro, salientou que durante esse encontro foram esclarecidos diversos pontos do financiamento de combate às enchentes “apresentamos uma programação com cada um dos itens do projeto, se possuem ou não licenciamento ambiental necessário e tempo estimado de execução de cada um. Agora com base nessa programação, desenvolveremos os projetos específicos para cada item. Nosso trabalho agora é detalhar os preços para poder cumprir todos os itens do financiamento”, finalizou.

O setor de Convênios foi representado pelo Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Demattê Angeli que declarou tratar-se de uma importante reunião de trabalho realizada com os técnicos da engenharia, assistência social e supervisão da Caixa Econômica Federal, para os esclarecimentos dos procedimentos que serão adotados no curso de todo o trabalho e preparo para licitação e acompanhamento das obras contempladas pelo financiamento junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional no Combate às Enchentes, conseguido após muito trabalho pela atual Administração do Prefeito Jesus Chedid e do Vice Amauri Sodré, e também das tratativas do Deputado Estadual Edmir Chedid.

Foram solicitados projetos socioambientais a fim de melhoria na qualidade de vida da população e ações preventivas de conservação do meio ambiente. O Governo Federal tem indicado esses projetos voltados para o contexto da obra que vai ser feita. Conforme orientação técnica da Caixa Econômica Federal, esses projetos serão elaborados pelas Secretarias Municipais de Obras e Meio Ambiente, com apoio da Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social”, disse a Secretária Margarete Alvarenga.