Bragança Paulista fica entre as dez cidades brasileiras no Prêmio Otimiza 2019

Publicado em: 01/08/2019

Expressivos resultados na melhoria da eficiência e da arrecadação motivaram a premiação.

Na manhã desta quarta-feira (31/07), o Secretário de Finanças Luciano Aparecido de Lima, a Chefe da Divisão de Contabilidade Rosângela Gonçalves e o servidor Edgar Mendes dos Santos estiveram em São Paulo, na Sala Jorge Paulo Lemann – Insper, participando da premiação e debate “Novos caminhos e soluções para os desafios dos municípios brasileiros”. Os 10 finalistas foram: Bento Gonçalves-RS, Bragança Paulista-SP, Canguçu-RS, Caruaru-PE, Mandaguaçu-PR, Moreno-PE, Ouro Preto-MG, Rio Largo-AL, São Caetano do Sul-SP e Serra Talhada-PE.

Os projetos foram analisados pela Comissão Julgadora, composta por representantes do Instituto Brasileiro de Administração Municipal – IBAM, da Fundação João Pinheiro – FJP, do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo – TCE-ES, da Fundação Getúlio Vargas – FGV e o especialista em governança municipal Daniel Lança. As cidades ganhadoras do prêmio foram: 1º lugar São Caetano do Sul-SP, 2º lugar Moreno-PE e 3º lugar Serra Talhada-PE.

A partir de um cadastramento dos negócios locais, a Secretaria Municipal de Finanças de Bragança Paulista identificou mais de 10 mil empresas no município que necessitavam atualizar suas situações junto a Prefeitura. Tal iniciativa, garantiu à cidade a indicação no 1º Prêmio Otimiza, pois aumentou a receita destinada aos serviços e obras públicas, mudando a cultura de toda cidade, dando mais segurança aos consumidores.

Por figurar entre os dez finalistas do Prêmio Otimiza, em decorrência dos expressivos resultados na melhoria da eficiência e da arrecadação do município, por meio de ações inovadoras em sua Gestão, Bragança Paulista recebeu o diploma de menção honrosa. “Com essa menção honrosa, Bragança se torna um município de referência para as demais cidades do estado de São Paulo para que elas também busquem soluções criativas para esse equilíbrio financeiro”, parabenizou a Presidente Executiva da Fundação Brava, Letícia Piccolotto Ferreira.

O projeto bragantino que participou desse evento teve início em 2017, quando foi feito o cruzamento minucioso dos dados de pessoas físicas e jurídicas cadastradas na Prefeitura e na Receita Federal, por meio de auditoria fiscal da Secretaria de Finanças. “Esse é um momento muito importante e emocionante para Bragança Paulista, pois tivemos a oportunidade de expor nosso trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início da Administração do Prefeito Jesus Chedid e Amauri Sodré”, disse o Secretário de Finanças Luciano Aparecido de Lima.