Bragança Paulista assina convênio com o Governo do Estado para a reforma do Mercado Municipal

Atualizado em: 30/08/2019

Recursos oriundos do FID garantirão obras importantes no local, fomentando o turismo e o comércio da produção rural da cidade.

Mais uma importante conquista para a cidade entra para a lista das ações exitosas da Administração Municipal do Prefeito Jesus Chedid e Vice Amauri Sodré, a assinatura de mais um convênio com o Governo do Estado de São Paulo que vai viabilizar a reforma do Mercado Municipal Waldemar de Toledo Funk.

 

A assinatura do termo foi concretizada na tarde desta quinta-feira (29/08) pelo Prefeito Jesus Chedid em solenidade no Palácio dos Bandeirantes ao lado do Governador em exercício, Rodrigo Garcia, do Secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti, do Secretário do Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, do Presidente da ALESP Deputado Cauê Macris e do Deputado Estadual Edmir Chedid, além da Secretária Municipal de Desenvolvimento dos Agronegócios Gislene Bueno, do Vereador Cláudio Moreno e Andreia Cristiane Olivato Azzi, permissionária do Mercado Municipal, entre outros parlamentares e autoridades.

 

O convênio financiará as obras por meio de recursos do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), gerido pela Secretaria da Justiça e Cidadania. O projeto da Administração está orçado em R$1.250.595,82, dos quais R$945.818,01 são oriundos do FID, os serviços devem contemplar a revitalização, restauração, acessibilidade, pintura total e sistema de exaustão.

 

“É um recurso muito importante de investimento para a cidade, estava demorando um pouco para sair e esse foi mais um dos resultados alcançados com nossa reunião com o governador em exercício Rodrigo Garcia, agendada pelo Deputado Edmir Chedid na última terça-feira. Uma obra importante, vamos reformar a altura o Mercado Municipal”, falou o Prefeito Jesus Chedid.

 

O Deputado Edmir Chedid cumprimentou Bragança Paulista pela conquista desse recurso, ressaltando todo o trabalho realizado pela Prefeitura para restaurar esse importante prédio para a cidade, que representa parte da história bragantina e tem grande potencial turístico e de fomento à produção rural local. “Agradecemos ao Rodrigo Garcia pela liberação rápida dos recursos, pelo carinho que tem com Bragança e esperamos que possa ir a cidade na primeira quinzena de setembro fazer outros anúncios para Bragança com impacto para a região toda”, finaliza.

 

Andreia Azzi, terceira geração da família que atua no Mercado Municipal, esteve no evento representando os permissionários e manifestou sua alegria e contentamento com a boa notícia. Assim como a Secretária Gislene Bueno, que acompanha o trabalho dos produtores no Mercado e as necessidades estruturais no local, que necessita dessa reforma para garantir melhorias importantes.

 

“João Doria autoriza investimentos do FID em várias cidades do Estado e em Bragança Paulista, recursos que vão para infraestrutura, para melhorias de equipamentos urbanos, cumprindo o papel desse fundo. Uma alegria, foram mais de vinte milhões liberados para as cidades, cerca de 1 milhão de reais para Bragança Paulista para a reforma do Mercado Municipal que e o Governador João Doria visitamos quando estivemos na cidade. Uma alegria poder proporcionar isso nesse período de governo e logo logo estaremos lá para ver essa obra realizada”, falou o Governador em exercício Rodrigo Garcia. Sobre sua vinda a cidade no mês de setembro, completou “O Governador já esteve na cidade no primeiro semestre e agora me escalou para voltar a cidade para que nas próximas semanas a gente possa anunciar algumas parcerias que nós estamos finalizando aqui com o Prefeito Jesus Chedid e Deputado Edmir Chedid, teremos boas notícias para Bragança Paulista”.

 

Segundo o Portal do Governo, o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos tem como objetivo financiar projetos destinados ao ressarcimento, à coletividade, dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, no âmbito do território do estado de São Paulo. O FID tem recursos advindos de condenações judiciais em ações civis públicas e multas decorrentes do não cumprimento de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs).