1ª Mostra do Fundo Social exibe trabalhos realizados em 2013

17.12.13 - 1ª Mostra do Fundo Social exibe trabalhos realizados (6)

Por Divisão de Imprensa da Prefeitura

No final da tarde da terça-feira, dia 17, ocorreu no Centro Cultural Geraldo Pereira, no Matadouro, a 1ª Mostra do Fundo Social de Solidariedade, com objetivo de apresentar ações e trabalhos desenvolvidos pelo Fundo, além de aproximar o empresariado dos profissionais qualificados nos cursos oferecidos. Participaram do evento alunos e professores, além de parceiros e representantes do Legislativo, Executivo, secretários municipais, a vice-prefeita Professora Huguette, o prefeito Fernão Dias e a primeira-dama e presidente do Fundo Social Rosangela Leme.

No local foram expostos trabalhos produzidos ao longo dos cursos de capacitação profissional e, em alguns estandes, era possível aos visitantes receber serviços de manicure e pedicure, cabeleireiro, maquiagem e decoração com balões. Empresários locais foram convidados a prestigiar o evento e conhecer o trabalho dos formados. Também foram apresentados trabalhos oriundos da Oficina de Artesanato, oferecidos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Os formados pelo curso de confeitaria expuseram seus trabalhos, executados com excelência, e distribuíram seus cartões de visitas. Um dos destaques da noite foi a turma formada no curso de jardinagem, oferecido às pessoas em situação de rua no parque de exposições Dr. Fernando Costa, no mês de novembro. O trabalho deles pode ser conferido no jardim de frente do Centro Cultural.

Em seu discurso, o prefeito Fernão Dias ressaltou que o grupo do Fundo Social se destaca por não querer se destacar e sim trabalhar. “O objetivo é alcançar o povo e ver o reflexo de nossa seriedade e transparência, até que o povo sinta a diferença desta Administração”, afirmou o prefeito. A presidente do Fundo Social, Rosangela Leme, iniciou seu discurso citando Mahatma Gandhi “Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova”.

A primeira-dama declarou que, desde fevereiro, a atual Administração aderiu ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para cursos de capacitação profissional, com benefício de bolsa transporte e alimentação. Em seu discurso, também fez questão de frisar que os cursos oferecidos pela Prefeitura não são gratuitos, são pagos pelo Governo Federal – quando aderido ao Pronatec – ou pelo Tesouro Municipal, com o recurso de arrecadação de impostos. Muitos destes não ocorreram nas Casas, mas sim no espaço do Senai, cursos como Operador de Empilhadeira, Desenhista Mecânico, Operador de Computador, Operador de Máquinas de Usinagem com Comando Numérico Computadorizado (CNC).

Rosangela afirmou ainda que, desde que assumiu a presidência do Fundo, um dos principais objetivos é a melhoria das condições oferecidas aos alunos. Resultado disso foi a inauguração do novo espaço da Casa de Capacitação Profissional 2, na Planejada I, no mês de setembro.  Outra alteração, que ocorrerá em breve, é a inauguração do novo local para a Casa 1, hoje localizada no bairro do Jd. Santa Libânia, que passará a funcionar na Vl. Municipal, próximo à igreja Santa Terezinha. Ambos os locais foram planejados de acordo com a lei de acessibilidade. A projeção para o próximo ano é a inauguração de um terceiro espaço localizado no parque de exposições Dr. Fernando Costa (Posto de Monta).

Ao final da Mostra, os resultados já foram identificados com a contratação de mão de obra especializada, além dos profissionais terem entregado todos os cartões de visita disponibilizados.

A proposta do Fundo Social é capacitar a população para preencher as vagas já existentes no mercado de trabalho que exijam mão de obra qualificada. Neste ano, foram oferecidos 73 cursos, totalizando 3148 vagas, com cursos em diversas áreas. Este trabalho de capacitação só foi possível devido às parcerias ocorridas, seja por contratação, Pronatec, gratuidade ou voluntariado. Entre esses parceiros estão Senac, Senai, Senar, Sesi, Acta, Docemania, Alispec, Arcor, Aplauzo, e as voluntárias Sanderleia e Filomena.

Para o ano de 2014, além das parcerias já consolidadas, novas foram firmadas com, por exemplo, Instituto Federal e Serviço Nacional de Aprendizagem de Transporte (Senat). Outra área que será abrangida com a instalação de Telecentros é a Inclusão Digital.

O Fundo Social atende atualmente em duas casas localizadas no Jd. Santa Libânia e Planejada I, das 7h30 às 22h30. Os interessados podem entrar em contato pelo 4033-3633 ou 4031-0501.

Compartilhe nas redes sociais