Homenagem ao Prefeito Dr. Jesus Adib Abi Chedid

O falecimento do prefeito Jesus Chedid entristece a cidade de Bragança Paulista que o via não só como um político apaixonado, mas como um líder que comandava e inspirava todos a sua volta com garra e perseverança por uma sociedade melhor. Jesus Chedid deixará sua marca em todos, para sempre.

Jesus Chedid deixa a esposa Marilis Reginato Abi Chedid, os filhos Edmir, Elmir, André Luís e Érika, as noras Tereza, Deborah e Daniele, e o genro Henrique, 12 netos e uma bisneta.

 

BIOGRAFIA

A história de vida de Jesus Chedid é caracterizada por conquistas e desafios. Filho de imigrantes libaneses, Hafiz Abi Chedid e Saada Nader Abi Chedid, Jesus Chedid nasceu em 06 de agosto de 1938, em São Paulo. Depois, mudou-se com a família para Morungaba, onde trabalhou numa loja de armarinhos, padaria e num pequeno hotel da família.

Logo em seguida, em Itatiba, seus pais compraram um hotel maior – Hotel Itatiba –, que se transformou na sede da prefeitura. Em Bragança Paulista, firmou os estudos no antigo Colégio São Luiz. No município, formou-se em Contabilidade pelo Colégio Rio Branco; depois formou-se em Direito pela faculdade de Pouso Alegre/MG.

Em 1964, Jesus Chedid se casou com Marilis Reginato Abi Chedid, com quem teve quatro filhos: os gêmeos Edmir e Elmir, André Luiz e Érika.

 

70 ANOS DE HISTÓRIA DE LUTA DEDICADA AO TRANSPORTE PÚBLICO 

O esforço ao trabalho sempre marcou a história de vida de Jesus Chedid. Aos 10 anos de idade já ajudava os pais no Hotel Itatiba. Depois, em 1952, passou a desempenhar diversas funções (de faxineiro a mecânico) na primeira empresa de transportes criada pela família, a Expresso Itatiba-São Paulo (essa empresa também assumiu o trajeto Bragança-Itatiba-São Paulo).

Em 1954, a empresa venceu a licitação pública do serviço de ônibus de Bragança Paulista, que tinha quatro ônibus em sua fase de implantação (o controle acionário da empresa foi transferido em 1974). Em 1963, Jesus Chedid comprou a Rápido Serrano e a Viação das Estâncias Ltda., tornando-se reconhecido e muito respeitado no setor de transporte de passageiros do Estado de São Paulo.

Com esta experiência, Jesus Chedid tornou-se um dos maiores atuantes secretários de Transportes da Prefeitura de São Paulo (1983-1984).

 

PREFEITO DA COMUNICAÇÃO

O Prefeito Jesus Chedid sempre teve grande admiração e respeito pelo trabalho da imprensa. Com muita dedicação e empenho, tornou-se respeitado empresário da comunicação, sendo proprietário das rádios 102FM (Bragança), Serra Negra, Atibaia, Socorro e São Manuel.

 

BRAGANTINO: UMA DE SUAS PAIXÕES

O Clube Atlético Bragantino sempre foi uma das paixões de Jesus Chedid, que foi Presidente nos anos de glória do clube, entre 1988 a 1996. Nessa época, o Bragantino foi campeão brasileiro da Série B (1989), campeão paulista (1990) e vice-campeão brasileiro (1991). Foram os anos dourados do futebol bragantino.

 

O PREFEITO QUE IMPULSIONOU BRAGANÇA PAULISTA 

Jesus Chedid foi prefeito de Serra Negra (1973-1979) e cinco vezes prefeito de Bragança Paulista (1993/1996; 2000/2004; 2005; 2017/2020; 2020/2022). O homem público ficou conhecido em todo o Estado pela transformação administrativa e social que promoveu nestes dois importantes municípios estâncias do Estado. 

O primeiro contato com a política ocorreu na juventude, quando seu pai foi eleito e reeleito vereador e presidente da Câmara Municipal de Itatiba. Desde então, sempre atuou pela defesa dos interesses da comunidade – principalmente dos que mais precisam de apoio e atenção – e pelo desenvolvimento dos municípios.

Em Bragança Paulista foi responsável por grandes feitos, que ficarão marcados para sempre na história da cidade.

Jesus Chedid, que ficou conhecido carinhosamente por “Tatu fogueteiro”, também pode ser chamado de o “Prefeito que combateu as enchentes”, o “Prefeito da Educação”, o “Prefeito da Saúde”, o “Prefeito das grandes obras”, o “Prefeito que defendeu o Turismo e a Cultura”, o “Prefeito que recuperou e transformou Bragança”.

Na sua primeira gestão, o grande marco foi a obra de canalização dos ribeirões Lavapés e Anhumas. Na época, o Governador Mário Covas veio à cidade e caminhou ao lado de Jesus Chedid nos ribeirões.

No seu segundo e terceiro mandato (2001/2004 e 2005) construiu o Hospital Bom Jesus, que viria a ser fechado anos depois, e reaberto no primeiro mês do quarto mandato (2017).

Em todas as gestões, Jesus defendeu e valorizou o Turismo e a Cultura do município. Hoje a cidade é reconhecida nacionalmente como a Capital Nacional da Linguiça Artesanal, tem uma das maiores exposições agropecuárias e festa do peão do país, além de ter um dos maiores desfiles de carnavais do Estado. Sempre gostou de festa, pois dizia que o povo precisava de alegria para viver.

Mas foi na sua penúltima gestão que Jesus Chedid recuperou Bragança Paulista. Eleito com 60.822 (71% dos votos válidos), ele cumpriu com seu compromisso que era “fazer a melhor gestão da sua vida”. Ele recuperou convênios perdidos e colocou as finanças públicas no azul. Com isso foi possível fazer mais de mil obras. Deu um “banho de asfalto na cidade”; recuperou lagos urbanos; revitalizou escolas, postos de saúde e patrimônios históricos, como os museus Municipal e do Telefone; zerou filas de creche; findou imbróglios judiciais pendentes há anos; deu “vida” ao cartão postal da cidade, o Lago do Taboão; e restaurou o prédio do antigo Colégio São Luiz (Teatro Carlos Gomes), tornando-se num imponente Centro Cultural. Reeleito com 65,89% dos votos, Jesus Chedid continuou o trabalho. Em 2022, alcançou 88,8% de aprovação popular.

Todo o trabalho feito por Jesus Chedid lhe rendeu a maior honraria do Poder Legislativo, ao ser condecorado como Cidadão Bragantino em 2015. Jesus foi uma personalidade política muito respeitada. Ao longo de sua vida, ele conquistou muitos eleitores, aliados e amigos!