Mesmo com as fortes chuvas, não houve transbordo do Ribeirão Lavapés

Recentemente a região que margeia o Ribeirão Lavapés passou por importantes obras de combate e prevenção a enchentes. No fim da tarde da última quarta-feira (18/11), uma forte chuva atingiu o município e consequentemente acabou servindo de parâmetro para avaliação da obra contra enchentes realizada na Praça Chico Major, no Lavapés.  A chuva ocasionou um acúmulo de água em um pequeno trecho na confluência entre as ruas Coronel João Leme e Dona Carolina.

Diante do ocorrido, na manhã desta quinta-feira, 19, os Secretários Municipais de Serviços, Especial de Gabinete, de Segurança e Defesa Civil e de Obras, se dirigiram ao local e realizaram uma avaliação com o intuito de buscar alternativas para sanar o problema deste acúmulo de água no trecho.

O que houve no local é decorrente de um índice pluviométrico atípico, de 52,4 mm/h, sendo que foi a primeira chuva de grande intensidade após as obras realizadas na área. Em 2018, uma chuva com índice semelhante de 50 mm/h atingiu a região e as consequências foram muito mais drásticas, com o alagamento chegando a atingir mais de 1 metro de altura dentro de estabelecimentos nas proximidades, o que não houve desta vez.

Na oportunidade, o proprietário de uma drogaria agradeceu a presença dos representantes da Administração Municipal pela prontidão em se deslocar até o local e buscar soluções imediatas para a problemática que surgiu, eis que o mesmo relatou já ter sido vítima de inúmeras enchentes que atingiram a região no passado.

Nas obras realizadas no Lavapés, para ampliar a canalização do córrego foram implantadas 155 aduelas, além da execução de serviços como a implantação e manutenção de guias, sarjetas e bocas de lobo. Tudo isso com o objetivo de aumentar a vazão de água e sanar os problemas de enchentes no local.

Na ocasião, foi feito um levantamento das bocas de lobo e tubulações existentes na área e analisado a possibilidade de fazer alguma alteração neste trecho. Após a visita, será elaborado um projeto para a construção de mais bocas de lobo nas adjacências, entre outras intervenções necessárias, que devem ser realizadas o quanto antes.

Em novembro de 2018, uma chuva da mesma intensidade alagou todo o Lavapés e agora com as obras realizadas, nem mesmo o trânsito precisou ser interrompido, consubstanciando que as intervenções já realizadas e mais alguns ajustes na captação de águas pelos bueiros que recebem o fluxo pluvial da Rua Coronel Teófilo Leme aliviarão definitivamente a população dos alagamentos no local.

Facebook 2018