Auditoria recupera R$ 61,5 milhões em impostos em cinco anos

A auditoria fiscal realizada pela Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, com a equipe da Divisão de Fiscalização – Auditoria Fiscal, recuperou, em 5 anos, R$ 61,5 milhões em impostos devidos.

O trabalho constante é realizado por uma equipe de Auditoria Fiscal de Tributos Imobiliários (AFTI), que fiscaliza o ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis), o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e taxas, com foco nos tributos, lançamentos e levantamentos fiscais nos bairros e condomínios instalados no município. E há ainda uma equipe de Auditoria Fiscal de Tributos Mobiliários (AFTM), que fiscaliza o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza), por meio de cinco núcleos de auditoria fiscal das empresas instaladas no município e das que são de fora e prestam serviços em Bragança Paulista.

Atualmente a Secretaria Municipal de Finanças conta com fiscalização eletrônica e serviços disponibilizados por meio do aplicativo “Cidadão Bragantino”.

A recuperação de impostos começou em 2017, quando a auditoria fiscal resultou em R$ 7,5 milhões de volta para os cofres públicos. Em 2018, foram mais R$ 7,7 milhões. No ano de 2019 a auditoria fiscal recuperou R$ 20,6 milhões; em 2020 foram R$ 8,8 milhões e neste ano de 2021, valor chegou a R$ 16,9 milhões.

Todo o recurso recuperado tem aplicação direta de 25% na Educação e de 15% na Saúde. O restante é utilizado para a manutenção do custeio da máquina pública municipal e para novos investimentos no município.