Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária e Fiscais de Postura interditam estabelecimentos por descumprimento ao Decreto Municipal

No último sábado (20/06), a Prefeitura de Bragança Paulista, por meio da ação conjunta das equipes da Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária e Fiscais de Postura, esteve em comércios e bares da cidade, para coibir e orientar sobre aglomerações. Os estabelecimentos foram notificados a cumprirem o protocolo estabelecido em combate ao COVID-19. Caso não seja cumprido poderão sofrer sanções previstas em legislação vigente. 

Já na tarde desta segunda-feira (22/06), a ação foi realizada em estabelecimentos comerciais, da Avenida Antonio Pierotti, no bairro Jardim Águas Claras, que estavam em descumprimento ao Decreto Municipal nº 3.221, de 16 de março de 2020.

O bairro Jardim Águas Claras é o que mais tem apresentado casos de Coronavírus no município. Por conta disso, os comércios que não estavam dentro das medidas de proteção ao Covid-19, foram fechados pelo período de 5 dias. Foram 2 estabelecimentos fechados e 3 com orientação de adequação.

As medidas de proteção e segurança do Decreto Municipal são claras: uso obrigatório de máscaras de proteção em todos os ambientes (tanto para quem trabalha, quanto para quem circula pela cidade); manter o distanciamento social; tapetes sanitizantes nas entradas e acessose a disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos.

Em caso de novo descumprimento nos locais notificados, cumulativamente serão aplicados penalidades de multas, interdição total das atividades e cassação de alvará de localização de funcionamento, bem como todas aquelas previstas na legislação local e correlatas.