MIS recebe debates do Festival de Finos Filmes

O Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Bragança Paulista, promove entre os dias 30 de junho e 05 de julho os debates do Festival de Finos Filmes.

As conversas acontecem ao vivo através do canal no YouTube do Museu, (https://cutt.ly/noymWo0). A sétima edição do festival se transforma em mostra beneficente e cada debate será vinculado a uma instituição que precise de doações, no qual os internautas poderão fazer uma contribuição.

A seleção do VII Festival de Finos Filmes é composta por 13 curtas-metragens escolhidos dentre mais de 200 enviados durante período de inscrição. Os debates são baseados em filmes disponíveis no streaming da Spcine Play.

O festival, criado e dirigido pelo cineasta Felipe Poroger, terá curtas-metragens como pontos de partida para debates sobre política, cultura, identidade, filosofia e outros temas.

Ana Maria Gonçalves, Lázaro Ramos, Isabela Reis, Alice Marcone, Dina Alves, Helena Ignez, Sarah Oliveira, Eliane Caffé, Eugênio Bucci, Sthefany de Paula, Yasmin Santos, Christiane Jatahy, Michel Laub, Silvana Bahia, Rita Mattar, Antônio Pitanga, João Paulo Miranda, Laís Bodanzky e Pastor Henrique Vieira são alguns dos nomes confirmados para os debates.

Mais informações sobre o festival acesse @finosfilmes no Instagram ou www.finosfilmes.com.br.

Confira abaixo a programação de debates

01.07 | 18h | Corpo e liberdade

Diná Alves, Helena Ignez e Alice Marcone, com mediação de Sarah Oliveira. As quatro falam sobre corpo e liberdade, a partir dos filmes Carne (Camila Kater), Liberdade é uma palavra (Stephanie Ricci) e Bonde (Asaph Luccas).

02.07 | 18h | Produção de imagens e filmes como instrumento de resistência

Eliane Caffé, Eugênio Bucci e Sthefany de Paula, com mediação de Yasmin Santos. Falam sobre produção de imagens e filmes como instrumento de resistência, a partir de Imagens de um sonho (Leandro Olímpio) e Conte isso àqueles que dizem que fomos derrotados (Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo, Pedro Maia de Brito).

03.07| 18h| Arte, memória e tecnologia

Christiane Jatahy, Michel Laub e Silvana Bahia, com mediação de Rita Mattar, discutem arte, memória e tecnologia a partir dos filmes Recoding Art (Bruno Moreschi, Gabriel Pereira), Luis Humberto: o olhar possível (Mariana Costa, Rafael Lobo) e Sangro (Tiago Minamisawa, Bruno Castro e Guto BR).

04.07 | 15h | Conquistas e desafios do cinema brasileiro

Dia dedicado ao cinema brasileiro – Debate com Antônio Pitanga e João Paulo Miranda, ator e diretor de Casa de Antiguidades, selecionado para a Competição Oficial de Cannes 2020. Mediação da presidente da Spcine, Laís Bodanzky. Os dois falam sobre o filme e a situação do cinema brasileiro atual. Convidados surpresa, ligados ao cinema nacional, aparecerão nessa live.

05.07 | 15h | Tempo, luto e reconstruções

Pastor Henrique Vieira e a psicanalista Vera Iaconelli debatem o tema a partir dos filmes Aos cuidados dela (Marcos Yoshi), Baile (Cintia Domit Bittar) e Guaxuma (Nara Normande). Mediação do diretor do festival, Felipe Poroger.

Além da programação de cinema do festival, o #MISemCasa, campanha virtual com conteúdo diário e inédito do Museu, traz outros conteúdos como a atividade Fotografia - referências para o processo criativo e Notas Contemporâneas com Elba Ramalho.

O projeto mensal do MIS, Notas Contemporâneas, que acontece nesta quarta-feira (01), às 20h, registra depoimentos de compositores e intérpretes icônicos da música brasileira.

O programa se divide em duas etapas: a primeira é composta de um longo depoimento realizado em estúdio, que passa a integrar o Acervo MIS; a segunda é ao vivo, no palco do Auditório MIS.

Em novembro de 2016, o MIS convidou a cantora, compositora, atriz e instrumentista Elba Ramalho. A artista participou de um bate-papo sobre sua carreira mediado pelo jornalista Cadão Volpato, enquanto a Banda MIS interpretou seus grandes sucessos no palco. Além dos melhores momentos dessa entrevista, o público confere neste vídeo parte do depoimento de Elba concedido para o Acervo do Museu.

Na segunda aula da Oficina de Fotografia que acontece nesta sexta-feira (03), às 11h, os oficineiros Beto Salgado e Leandro Menezes discorrerem sobre o trabalho dos fotógrafos Steve McCurry, Tadeu Vilani, Philip-Lorca diCorcia e Jeff Wall, com ênfase no tema Retrato.

Para participar da oficina é necessário preencher o formulário online (https://cutt.ly/1oy4Nci), disponível a partir no dia 03 de junho, às 11h. As aulas acontecem por meio de vídeos que serão enviados por e-mail aos interessados.